Instituto de Previdência dos Servidores de São Bento do Una


São Bento do Una, Estado de Pernambuco


Prefeituras recebem prêmios por boa gestão na alimentação escolar
As prefeituras vencedoras da oitava edição do Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar receberam seus troféus no dia 23 de novembro
28/11/2011
As prefeituras vencedoras da oitava edição do Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar receberam seus troféus no dia 23 de novembro, às 10h, no hotel Royal Tulip Brasília Alvorada, em Brasília. Promovido pela organização não-governamental Ação Fome Zero, o certame tem o objetivo de selecionar as melhores práticas na execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e disseminar essas ações para outras localidades.

Este ano, 1.082 municípios inscreveram-se para participar do concurso. Vinte e duas prefeituras já foram selecionadas por suas práticas nas categorias Pequenas Cidades, Médias e Grandes Cidades, Valorização Profissional das Merendeiras e Merenda Índigena e/ou Quilombola. Veja a lista das premiadas:

Alto Horizonte (GO)
Araruama (RJ)
Areia (PB)
Brasilândia do Tocantins (TO)
Cabedelo (PB)
Castanhal (PA)
Coimbra (MG)
Concórdia (SC)
Guarantã do Norte (MT)
Ipaumirim (CE)
Itaguaí (RJ)
Maracaju (MS)
Mercedes (PR)
Orizânia (MG)
Paragominas (PA)
Pintadas (BA)
Rio Branco (AC)
Rio do Sul (SC)
São Bento do Uma (PE)
São Francisco (PB)
São Lourenço do Sul (RS)
Zabelê (PB)


Haverá ainda a premiação de um município em Projeto Destaque do Semiárido, de três prefeituras que desenvolvem projetos de alimentação escolar com produtos orgânicos da agricultura familiar e de outro município que utiliza produtos da sociobiodiversidade.

A cerimônia de premiação deve contar com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, além de ministros, prefeitos de todo o país e empresários associados à ONG Ação Fome Zero.

Longa história – Referência internacional na área, o Programa Nacional de Alimentação Escolar atua há 56 anos, atende 45 milhões de alunos da educação básica e tem papel fundamental no desenvolvimento da agricultura familiar no país, pois 30% dos recursos repassados pelo FNDE para a merenda têm de ser investidos na compra de gêneros alimentícios desses produtores – algo em torno de R$ 930 milhões em 2011.


Fonte: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação