Instituto de Previdência dos Servidores de São Bento do Una


São Bento do Una, Estado de Pernambuco


Prefeitos recebem prêmio do programa Ação Fome Zero
O prefeito de São Bento do Una (PE), José Aldo Mariano da Silva, recebeu no dia 23 de novembro o prêmio de Gestor Eficiente da Merenda Escolar
28/11/2011
Os prefeitos de São Bento do Una (PE), José Aldo Mariano da Silva, e de Ipaumirim (CE), José Geraldo dos Santos, receberam na quarta-feira, 23 de novembro, o prêmio de Gestor Eficiente da Merenda Escolar. O prêmio é oferecido pela Organização Não Governamental (ONG) Ação Fome Zero e seleciona as melhores práticas na execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Em visita à Confederação Nacional de Municípios (CNM) os gestores comentaram a premiação.

O objetivo deste prêmio é destacar os prefeitos que realizam gestões criativas e responsáveis do PNAE e disseminar estas boas práticas, de forma que sejam conhecidas e sirvam de referência para outras prefeituras do país. Ao todo 24 Municípios foram premiados, são eles: Alto Horizonte (GO), Araruama (RJ), Areia (PB), Brasilândia do Tocantins (TO), Cabedelo (PB), Castanhal (PA), Coimbra (MG), Concórdia (SC), Guarantã do Norte (MT), Ipaumirim (CE), Itaguaí (RJ), Maracaju(MS), Mercedes (PR), Orizânia (MG), Paragominas (PA), Pintadas (BA), Rio Branco (AC), Rio do Sul (SC), São Bento do Uma (PE), São Francisco (PB), São Lourenço do Sul (RS) e Zabelê (PB).

Segundo os prefeitos, a compra de produtos da agricultura familiar contou muito para que São Bento do Una ficasse entre os 20 selecionados para receber o prêmio. “Em São Bento do Una nos últimos anos investimos muito na melhoria da merenda escolar. Nas escolas regulares os alunos recebem duas refeições por dia, uma quando chegam a escola e outra na hora do intervalo. Outro fator importante é a nossa experiência com a escola em tempo integral, onde 150 alunos recebem 4 refeições diárias”, ressalta José Aldo.

A inclusão de mais frutas e verduras nas refeições oferecidas aos alunos também contou para a premiação. O Município criou uma escola em uma comunidade quilombola, onde a alimentação também tem cuidado especial. “Todos esses fatores contribuíram para a evasão escolar no nosso município diminuísse de 17,8% para 7,5%. O que também evoluiu para que chegássemos a esse prêmio”, comentou o prefeito pernambucano.

Já o prefeito de Ipaumirim, José Geraldo, ressalta que houve grande incentivo da prefeitura para a melhoria da qualidade da alimentação escolar. “Contratamos uma nutricionista e realizamos treinamentos das merendeiras. Tudo isso contribuiu para o que o prêmio viesse”, afirma.


Fonte: CNM